“A experiência é uma lanterna dependurada nas costas que apenas ilumina o caminho já percorrido.” – Confúcio.

A frase do filósofo chinês é bastante apropriada para contarmos a história da Ignispace.
Formada em 2018, a banda é a soma da jovem e talentosa vocalista Larissa Zambon, de apenas 22 anos, com três músicos experientes vindos da genial banda progressiva Ansata: o baixista Rafael Romani, o guitarrista Rafael Benato e o baterista Thiago Siqueira.
Compassos, e com passos, que contemplam o adiante, o EP “Rise Beyond”, também lançado em 2018, foi a primeira amostra de que o quarteto sabe disponibilizar a experiência do passado a serviço do presente. Não obstante o saber técnico-musical, com o Ignispace eles sabem bem onde querem chegar: fazer metal que seja acessível para o máximo de pessoas possíveis, não exclusivamente para fãs de metal!

É fato que o apoucamento de público na cena contemporânea do metal deve-se ao espírito tribalista que prevaleceu durante todos esses anos. O sentimento de pertencimento – fator tão importante e essencial às práticas culturais – é conquistado por um novo metalhead a custas de muito esforço para decorar nomes de músicos, músicas e discos. Sem mencionar os muros invisíveis que demarcam territórios entre o que é ‘true’ e o que é moda. Essa espécie de “burocracia cultural” afastou o jovem, e o metal envelhece junto aos fãs.

A Ignispace não nasceu para ser mais uma protagonista nessa tragédia, e muito menos quer assistir da plateia. Seu idealismo é fazer metal inclusivo, democrático, metal para todos! E isso nem de longe significa se apropriar de estratégias nefastas do mercado, mas sim reforçar os recursos simbólicos que fazem o headbanger sentir-se digno de sua identidade e disponibilizar isso a qualquer pessoa, independente de sexo, raça, orientação sexual, nacionalidade ou classe social. Independente de preferência musical!

Desde “Rise Beyond” o Ignispace vem desenvolvendo uma proposta estética baseada no metal, porém com elementos de outros segmentos, como a música eletrônica. O objetivo dualístico do grupo é de tanto explorar artisticamente como o de construir uma identidade musical plural que permita a aproximação e a fruição a todo tipo de pessoas.

Sucedendo o EP temos agora o álbum cheio de estreia da Ignispace, “The Inner Source”. Gravado no Ignisound Studio em Rio das Pedras/SP, “The Inner Source” reúne 11 faixas de uma musicalidade bastante aprimorada em relação à apresentada em “Rise Beyond”.
“Além das referências eletrônicas já mostradas no EP, em “The Inner Source” há muita influência de rock progressivo, AOR e até de música folk”, conta o baixista Rafael Romani que também assina a produção do álbum. “E justamente por termos tantos elementos diferentes nas músicas, optamos por uma produção mais limpa e dinâmica, de forma a tornar mais harmônica todas as diferentes nuances da música do Ignispace.”

Apesar da diversidade de influencias e referências musicais, o peso é um elemento essencial para a musicalidade do Ignispace. De acordo com o guitarrista Rafael Benato, a ideia foi que em “The Inner Source” o Ignispace soasse ainda mais pesado que no EP.
“Trabalhamos com várias afinações diferentes ao longo do álbum, assim como as vozes foram exploradas em diferentes camadas. Tudo isso contribuiu para uma sonoridade mais pesada e encorpada.”

Em termos de letras, o título “The Inner Source” é autoexplicativo.
“The Inner Source faz referência à busca interior propondo a evolução pessoal”, explica Rafael Romani.. “É uma analogia ao ambiente em que estamos inseridos e a artificialidade do mundo contemporâneo. The Inner Source não é um álbum conceitual, embora todas as letras flertem com a ideia de libertação e nos convidem a observar melhor o mundo ao nosso redor, como numa reflexão entre subjetividade e imposições sociais.”
Capa e todo trabalho de arte de “The Inner Source” levam a assinatura do artista Romulo Dias e ilustram bem todo o conceito do álbum.

“The Inner Source” foi financiado com recursos do Programa de Ação Cultural (Proac) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, Fundo de Apoio à Cultura e Prefeitura Municipal de Piracicaba. Além de ter sido lançado para todas as plataformas digitais, o álbum também está disponível em CD Digipack e traz uma característica bastante particular: toda a prensagem física de mil cópias será distribuída gratuitamente! Rafael Benato destaca a imprevisibilidade com que as especificidades da lei e os objetivos da banda se encontraram.
“Chega a ser interessante o fato de que a regra do edital, que impede a comercialização do álbum, na verdade vá ao encontro de nossa proposta de levar nossa música ao máximo de pessoas possíveis. Sem o entrave econômico, a distribuição gratuita do CD físico possibilitará que nossa música chegue a pessoas que, talvez, só a ouviriam por acidente.”

Como contrapartida aos recursos recebidos através do Edital Proac Municípios, o Ignispace realizou o projeto “Oficinas Musicais” que ofereceu oficinas gratuitas de guitarra, contrabaixo, bateria e vocal para alunas e alunos de baixa renda do Polo Piracicaba do Projeto Guri. Para Rafael Romani o projeto de contrapartida sintetiza o ideal “Metal Para Todos”.
“Muitas daquelas crianças do Guri estão ali sem qualquer perspectiva de vida. A música então acaba sendo uma opção. Se o que passamos pra elas ali nas oficinas seja uma via por onde a música possa entrar em suas vidas e transforma-las, então isso já justifica nosso trabalho como músicos.”

Um single, “Viagem Ao Fundo do Ego”, cover do grupo carioca Egotrip, precedeu o lançamento de “The Inner Source”. A música está disponível como bônus na edição digital do álbum e traz a participação especial de Nando Chagas, vocalista original do Egotrip.

TRACKLIST:

1- Leap of Faith
2- Ghost of Time
3- Rise Beyond
4- I Know
5- Turn Around
6- The Source
7- Your Poison
8- Crowd of Fools
9- Shining Blue
10- A Whole New Life
11- Hidden Nature

FORMAÇÃO:

Larissa Zambon (vocal)
Rafael Benato (guitarra)
Rafael Romani (baixo)
Roger Busatto (bateria)

DISCOGRAFIA:

Rise Beyond (EP – 2018)
The Inner Source (2019)

PLATAFORMAS DIGITAIS:

Spotify
Deezer
iTunes
Napster

ENDEREÇOS OFICIAIS NA INTERNET:

Site Oficial
Facebook
Instagram
Soundclound
Youtube

DOWNLOADS:
 
– FOTOS
– MÚSICAS
– LOGO
– CAPA
– RIDER
– MAPA DE PALCO

VÍDEOS